terça-feira, 28 de agosto de 2007

Deus é ciência

“Gênesis 1:5 Disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas. Chamou Deus à luz Dia e às trevas, Noite. Houve tarde e manhã, o primeiro dia.”


Deus criou o mundo e o homem. A ciência, fruto do trabalho do homem, é muito contestada em todas suas descobertas e projetos como a clonagem. Mas como o cristão deve encarar a ciência? O portal Melodia entrevistou o Pastor César de Andrade da Igreja Batista Favo de Mel que abordou este tema tão polêmico.

Portal Melodia – A ciência vai comprovar a existência de Deus?
Pastor César – Ela já comprova normalmente, porque é fruto do Deus. A ciência nasceu com Deus. Não existia nada e disse Deus: Haja luz. Todas as coisas nasceram do nada. Deus só precisa do nada para fazer tudo. A ciência é um produto da soberania de Deus, porque a Bíblia diz que Deus é antes de todas as coisas e todas as coisas subsistem por ele, logo a ciência naturalmente vem de Deus. Às vezes a religião tenta desmerecer a ciência e isto é uma tolice, porque a ciência é o fruto da soberania e da inteligência de Deus.

Portal Melodia – A religião exclui totalmente a ciência?
Pastor César – Se excluir estará fora da realidade, porque estará desprezando algo que vem de Deus. As crendices e ritos são chamados de religião, mas isto tudo é confundido com idolatria e crendice. Religião mesmo é você amar a Deus sob todas as coisas e seu próximo como a si mesmo. O resto se confunde com ateísmo.

Portal Melodia – Já houve e ainda há cientistas cristãos, até o cientista cristão pode ir à ciência e na religião?
Pastor César – Até onde Deus permitir. Alguns cientistas no passado tentaram fazer uma escada até o céu. Em dado momento, Deus mostrou que não era assim, então confundiu a língua de todo mundo. Eu sou a favor da clonagem, até onde a ciência conseguir ir, ela deve ir. Em minha opinião, a clonagem bem sucedida só vai acontecer se Deus permitir. Quando Deus entender que o homem audaciosamente tenta entrar em uma esfera que invade sua soberania, ele faz como fez na Torre de Babel, confunde a língua de todo mundo. A ciência deve ir até onde Deus permitir. Os cientistas podem ir até onde sua capacidade de conhecimento permitir, porque esta capacidade também vem de Deus.

Portal Melodia – Qual é sua visão quanto ao ensinamento religioso nas escolas?
Pastor César – Acho complicado pela diversidade de religião no país. A escola teria que ter um médium, um caboclo, um padre, um pastor, um rabino. É muito confuso. O simples fato de mostrar a soberania de Deus seria um modo de ensino mediano, razoável, sem os comprometimentos de cada religião. Acho que a igreja pode ensinar religião, a escola ensina o civismo e a moralidade e fará um bom trabalho.

Portal Melodia – Há vários textos bíblicos que são descrições científicas. Até onde o cristão pode acreditar na ciência?
Pastor César – Em tudo. O que o cristão não pode achar é que a ciência é além de Deus. Acredito em tudo que é ciência. A ciência vem de Deus. A ciência é a visitação de Deus para o homem. É um privilégio que Deus confere para o homem de conhecer um pouco de si. Como na medicina. A bíblia diz que todos os cabelos na nossa cabeça são contados e nenhum deles cai sem Deus permitir. Os engenheiros eletricistas não sabem onde começou a luz. A luz começou na boca de Deus, está na bíblia: Gênesis 1:3 Disse Deus: Haja luz; e houve luz.. E nenhum eletricista ouviu falar disto, nem está escrito em nenhum compêndio. Deus é ciência. Desprezar a ciência é desprezar a soberania de Deus.

Fonte:
Portal Melodia
Jornalista Tatiana Cioni Couto

Um comentário:

erick.costa@oi.com.br disse...

O Grande problema desse movimento é o "achologismo" Teológico em relação ao embasamento sobre as experiências particulares de cada indivíduo.A Bíblia em nenhum momento determina ou obriga o Convertido,aquele que recebeu o Espírito Santo(reconhecendo a obra redentora de Jesus) a falar em línguas estranhas(se é que elas produzem de fato alguma reação benéfica a quem fala ou escuta)...Temos que ter em mente,a Bíblia é regra de fé e prática e ponto.A experiência sua,minha ou defulano não é regra de fé e prática...E não existe crente de primeira e segunda linha...AMA O PRÓXIMO COMO A TI MESMO...